ENTENDENDO O CICLO DAS ROCHAS


Falaremos agora em ciclos das rochas. Bom, esse assunto pra mim ficou muito fácil depois do estudante de GEOLOGIA da UFRR (Universidade Federal de Roraima) Vinicius Oliveira, encontrar uma imagem e fazer algumas modificações, o que tornou o aprendizado mais simples (pelo menos para mim) e se isso me ajudou e quero compartilhar com todos que tenham a mesma dificuldade.

Depois de dar o mérito a seu devido dono vamos agora descrever o processo acima representado e exemplificado pela imagem. Peço que acompanhe a minha explicação observando a imagem simultaneamente.

Começaremos a partir das rochas ÍGNEAS (não temos nenhum motivo específico apenas por uma questão de termos que começar por algum lugar). As rochas ígneas que são geradas a partir da solidificação do magma ou da larva vulcânica passam por cinco principais processos para se transformar em rochas sedimentares, são eles: Inteperismo, erosão, transporte, sedimentação e diagênese. Passando por esses processos as rochas se tornam sedimentares, quando as rochas ultrapassam a zona de diagênese ou litificação elas entram em uma zona chamada de ZONA DE METAMORFISMO. Então, para uma rocha sedimentar se transformar em uma rocha metamórfica ela tem que passar apenas por um processo denominado METAMORFSMO. Processo mais simples ainda de se entender, é o processo que transforma uma rocha metamórfica em IGNEA (rocha pela qual iniciamos nossa explicação), esse processo é descrito como FUSÃO, isso mesmo! Para uma rocha metamórfica se transformar em ígnea o único processo é o de FUSÃO.

Se até agora você acompanhou esse resumo observando a imagem, com certeza percebeu que os processos são mais simples do que podia imaginar. Não é mesmo?
Faremos agora o processo inverso de transformação das rochas (siga a direção das setas na imagem).
Uma rocha IGNEA para se transformar em metamórfica passa pelo metamorfismo. Uma rocha metamórfica para se transformar em sedimentar passa pelo processo que compreende as etapas de Inteperismo, erosão, transporte, sedimentação e diagênese ou litificação. As rochas SEDIMENTARES transformam-se em ÍGNEAS através da fusão.

Finalizando nossa postagem e deixando sua compreensão mais clara e objetiva lembre-se sempre que qualquer rocha para se transformar em ígnea passa pelo processo fusão, Qualquer rocha para se transformar em sedimentar terá que passar pelos processos que compreendem Inteperismo, erosão, transporte, sedimentação e diagênese e qualquer rocha para se transformar em metamórfica passará antes pelo processo de METAMORFISMO.

veja também essse video, concerteza vai te ajudar.



Espero ter ajudado! Não se esqueça de comentar deixando sugestões e idéias de novas postagens  novas postagens. Participe!          



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e nos ajude a melhorar a qualidade de nossas postagens.