Taludes continentais: o que são?

Os taludes continentais são aquelas porções submersas onde termina a plataforma continetal e há um decaimento drástico na profundidade é a zona onde se percebe as primeiras depressões na superfície oceânica.

Em oceanografia, chama-se talude continental à porção dos fundos marinhos com declive muito pronunciado que fica entre a plataforma continental e a margem continental (ou "sopé continental"), onde começam as planícies abissais.
O embasamento do talude corresponde à crosta continental entremeada por magmatismo básico e estirada pela tectônica extensional que originou o rift e a bacia oceânica.
Como esta faixa é caracterizada por uma topografia íngreme acentuada esses pontos acabam sendo responsáveis por geradas, com frequência, correntes de turbidez, as sequências de deposições associadas e características das regiões de talude e sopé são sistemas de turbiditos.
Do ponto de vista biológico, esta formação corresponde à zona batial. Essa zona em Biologia corresponde a um ponto de crescente vida biológia pois estão em um ponto médio onde as correntes de turbidez trazem constantemente formas de vida e sedimenbtos ricos em matária organica.





Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e nos ajude a melhorar a qualidade de nossas postagens.