Evolução das Redes Sociais: A Vida Virtual Antes do Facebook

O avanço da tecnologia e o “boom” da internet em meados dos anos 2000 popularizaram um termo que hoje é conhecido por todos: redes sociais.

Hoje, quando falamos em rede social, logo pensamos em Facebook, Twitter, Google +, e tantos outros sites que exercem a função de compartilhar informações, interagir entre usuários, divulgar links, imagens, ideias, etc.

No entanto, para chegarmos hoje aos avanços e evoluções tecnológicas oferecidas pelo Facebook, hoje referência quando falamos em redes sociais, um longo caminho foi percorrido. Você já parou para pensar nas redes sócias anteriores ás que temos em voga nos dias de hoje?


Primórdios da rede social

Muitos apontam o nosso popular e-mail como a primeira rede social de que se tem notícia. O primeiro e-mail enviado data de 1971. Se analisarmos bem, os recursos de compartilhar imagens, mensagens de texto, vídeo e afins, também podem ser feitos por meio do e-mail, para várias pessoas ao mesmo tempo, assim como no Facebook.

O sistema BBS, criado no final dos anos 70 também é considerado um dos precursores da rede social. Isto por que com a tecnologia de modem e linhas telefônicas, os idealizadores do projeto produziam anúncios e convites aos amigos.

   Evoluindo


Um dos marcos neste processo de evolução da comunicação digital em rede se dá mais precisamente no ano de 1985, com o surgimento de ferramentas que possibilitavam a criação de um perfil pessoal na rede. Esta tecnologia foi oferecida pela empresa America Online (AOL).    Nestes perfis, os usuários podiam fazer descrições pessoais, tópicos de discussões (o que hoje conhecemos como fóruns da internet), sobre temáticas variadas.

Mais de uma década depois, em 1997, a AOL inovou com seu sistema de mensagens instantâneas, sendo precursora também dos famosos chats e salas de bate papo.

   O futuro já começou


A década de 90 ofereceu significativas amostras do que de fato, era uma rede social. Sites com oThe Globe, o GeoCities, entre outros, começavam a destrinchar o conceito de rede social, elevando-o a parâmetros cada vez maiores. Conectividade se transforma na palavra de ordem neste período.

   Entre as redes sociais do período, talvez o site Classmates seja o ícone da época.  Sua função é a de encontrar amigos de escola e de velhos tempos.

  Do fotolog , Orkut, até o Facebook


O ano 2000 teve como seu representante chave no quesito compartilhar textos, imagens e informações, o fotolog. Na ativa até hoje, talvez com menos glamour, o fotolog consiste em publicar uma foto diária (ou várias para os usuários golden câmera) com comentários e textos do autor da postagem, com a opção de um espaço abaixo para os comentários de outros usuários ou anônimos.

Verdadeiro fenômeno e responsável por catapultar para a mídia, modelos, artistas e bandas. A apresentadora de TV Mari Moon, da MTV, é um dos exemplos cujo sucesso de suas publicações no fotolog a tornaram conhecida nacionalmente.

Na mesma época o Orkut surgiu e dominou o cenário das redes sociais soberano, até a explosão do facebook, que hoje, incontestavelmente, é a bola da vez.

Hoje, além do facebook, Linkedin, Instagram, Myspace (antigo, mas ainda na ativa) e o promissor Diaspora, indicam alguns caminhos com os quais a rede social deve trilhar futuramente.

E pra você, será que algumas destas redes irão substituir o Facebook e torná-lo obsoleto, como ocorreu com o Orkut?
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e nos ajude a melhorar a qualidade de nossas postagens.