Dicas para o vestibular: Literatura Brasileira

O arcadismo ou neoclassicismo - Séc. XVIII- (1768-1836)

Está se preparando para o vestibular, Enem e concursos? A literatura está entre as matérias mais importantes nestes processos seletivos.
Saber diferenciar os estilos literários e a qual período determinadas obras pertence, é uma ótima dica para se sair bem na hora de prova. Que tal então, conhecermos um pouco mais sobre o Arcadismo literário?

1-contexto histórico /cultural

O arcadismo corresponde ao período de superação dos conflitos religiosos da época barroca. No século 18 a fé e a religião perdem importância, e a RAZÃO e a CIÊNCIA passam a explicar o homem e o mundo.



Este momento árcade coincide mundialmente com o “Século das Luzes” na França, (iluminismo, revolução francesa), e com Marquês de Pombal em Portugal (responsável pela reforma universitária e divulgação das idéias científicas).
No Brasil, esta época e caracterizada pelo apogeu da mineração do ouro em Minas Gerais e a transferência do centro econômico e cultural da colônia do norte para o centro sul (Minas gerais e Rio de Janeiro).
Vemos também nessa época, as primeiras rebeliões contra os estatutos da colônia (Inconfidência Mineira e Revolução dos Alfaiates). É o momento em que surgem escritores brasileiros que escrevem para leitores brasileiros, e o nativismo passa a ser reivindicatório e não apenas descritivo e pitoresco como acontecia no Quinhentismo e no Barroco.
Alguns estudiosos da nossa literatura estabelecem a existência de um período de transição entre a era colonial e a era nacional, relacionando com a transição do arcadismo para o romantismo, denominado pré-romantismo, este período situa-se entre 1808 (vinda da família real portuguesa ao Brasil) e 1836 (início do Romantismo, com a obra suspiros poéticos e saudades, de Gonçalves de Magalhães).

2-características

A-Reação aos exageros verbais do barroco, propondo a clareza, a simplicidade e o equilíbrio clássicos.
Este fragmento de Claudio Manuel da Costa é uma clara crítica ao estilo rebuscado do barroco:
“alguém há de cuidar que é frase inchada,
Daquela que lá se usa entre essa gente,
Que julga que diz muito e não diz nada... “
B-Predomínio da razão
C-Arte como imitação da natureza.
D- O poeta deveria buscar na natureza os seus modelos, selecionando apenas as noções de belo, bem, perfeição.
Os neoclássicos propunham não a cópia direta da natureza, mas a cópia a partir dos autores antigos ou renascentistas (Horácio, Ovídio, Petrarca, Virgilio, Camões). No Arcadismo o poeta não é um inventor, como no caso do Barroco, mas sim alguém que busca a perfeição na cópia de um modelo.
E- Poesia descritiva e objetiva, o poeta pinta mais situações do que emoções.
F- Poucas figuras de linguagem, preferência pela metonímia e o verso branco, sem rimas, o que aproxima a poesia da prosa.
G-Bucolismo e pastoralismo:
Uma das principais características do arcadismo, inspirados nos clássicos antigos, os árcades tematizam a natureza
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e nos ajude a melhorar a qualidade de nossas postagens.