Horror punk? Grupo Misfits é o pai deste estilo que mistura visual impactante e músicas com letras inspiradas nos filmes de terror!

Um grupo que começa a beirar os 40 anos e continua na ativa, se reinventado e influenciando gerações. Assim podemos sintetizar o grupo Misfits. Conheça a história e importância desta banda no cenário mundial.

Início

Banda precursora do Horror Punk, subgênero do Punk Rock, surgiu em uma cidade de Nova Jérsei, em 1977, pelos colegas de escola Glenn Danzig e Jerry Only. Sua primeira formação contou com Danzig no vocal e teclado e Only no baixo, com Manny Martinez na bateria e, pouco depois, Doyle, irmão de Only, na guitarra. O nome da banda foi inspirado no filme de Marilyn Monroe de 1961, “Os Desajustados” (“The Misfits”).
Sua música era rápida e agressiva, com influências de Punk Rock e Rock ‘n’ Roll dos anos 50 e letras violentas com temáticas de terror. Junto com o visual impactante dos integrantes, maquiados, com jaquetas de couro, rebites pontiagudos, luvas e estampas de caveira, a banda se mostrou diferente de tudo o que havia no cenário musical da época, inventando até um novo estilo de cabelo: o devilock.

Primeira fase

Entre 1977 e 1981, a banda gravou apenas EPs. O primeiro álbum foi lançado em 1982, chamado “Walk Among Us”. No ano seguinte, lançaram “Earth A.D./Wolfs blood”, com influência de Thrash e Death Metal, sendo a última gravação com Danzig, que deixou a banda para seguir carreira solo. Em 1985 foi lançado o álbum de compilações “Legacy of Brutality”.
Com a saída de Danzig, seguiu-se um hiato de 12 anos até a banda voltar à ativa em 1995. Nesse período, Only venceu um processo pelos direitos do nome da banda. No fim de 1994, realizaram testes para um novo vocalista, sendo Michale Graves o escolhido. Graves nunca tinha ouvido falar da banda, o que influenciou positivamente em seu favor, pois Only queria que a banda tivesse uma nova cara.

Segunda fase

Contando ainda com um novo baterista, Dr. Chud, os Misfits lançaram material inédito em 1997, o álbum “American Psycho”. A banda investiu fortemente no marketing nesse período, gravando videoclipes e fazendo aparições em programas de televisão. No ano seguinte, Graves foi substituído por Myke Hideous para uma turnê sul-americana, retornando em 1999 para a gravação do disco “Famous Monsters”. Em 2000, Dr. Chud e Graves deixam a banda, seguidos por Doyle.

Terceira fase

Em 2001, uma nova formação foi montada para comemoração de 25 anos da banda, com Only no vocal e baixo, Dez Cadena na guitarra e Robo na bateria, ambos ex-membros da banda Black Flag. Em 2003, lançaram o disco “Project 1950”, de versões de músicas de rock ‘n’ roll dos anos 50, com Marky Ramone na bateria.
Em 2004, Doyle e Danzig se reuniram e tocaram alguns clássicos dos Misfits, sendo o mais próximo de uma reunião da banda que acontecerá, conforme os mesmos. Atualmente, Only e Cadena contam com Eric “Chupacabra” Arce na bateria, lançando o disco “The Devil’s Rain” em 2011.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e nos ajude a melhorar a qualidade de nossas postagens.