X Games 2013: a olimpíada dos esportes radicais num cenário inesquecível

Foz do Iguaçu e suas lindas cataratas foram o cenário perfeito para mais uma edição dos X Games, a competição vista como a mais importante dos esportes radicais, pro incluir num mesmo contexto as principais modalidades esportivas do estilo, como Skate, BMX,Moto Enduro, entre outras.
Muitos atletas sentiam-se deslumbrados com o local. Nas competições de skate disputadas na megarrampa construída no local, alguns skatistas se perdiam no tempo, observando as cataratas do Iguaçu, uma das maiores maravilhas do mundo e uma paisagem no mínimo, surreal.


A força do Brasil nos esportes radicais pode ser traduzida em um nome: skate

Não é segredo pra ninguém o quanto os brasileiros costumam se destacar nestes tipos de competições. O skate brasileiro por exemplo, é talvez o mais respeitado do mundo. Tendo Bob Burnquist como ícone, outros nomes como Sandro Dias no masculino e Letícia Bufoni no feminino, chegam cada vez mais longe.
Nesta edição do X Games, o Brasil chegou ao topo pro 6 vezes. Todas as medalhas de ouro conquistadas pelos nosso atletas foi na modalidade skate, confirmando a força do esporte por aqui. Hoje em dia a garotada se divide entre o futebol e o skate, e não é de se estranhar que muitas vezes, elas preferem o carrinho de 4 rodas e dois trucks.

BMX: a face mais radical de uma bike

A competição na modalidade BMX foi das mais emocionantes. Era incrível ver a galera subindo em alturas inimagináveis numa bike por meio da megarrampa.
Na categoria bir air o ouro ficou no pescoço de Zack Warden, americano que cativou o público presente em Foz devido sua interação com a galera e claro, seu carisma.
Já no vertical, outro americano levou a melhor: Jamie W. É importante frisarmos que com esta conquista, James soma 7 medalhas de ouro consecutivas. O cara é mesmo um fenômeno!

Moto

Com a maior parte das atenções focadas no skate, devido a soberania brasuca, muitos se esqueceram do quanto de adrenalina e emoção rola nas competições da modalidade moto.
Na categoria moto freestyle o ouro foi pro outro lado do mundo. O piloto japonês Taka Higashino foi o mais criativo nas manobras e voou alto pra garantir a dourada pra terra do sol nascente.
O brasileiro Gilmar Flores, por usa vez, ficou apenas com a oitava colocação na mesma disputa.
Já na categoria moto step up , Bryce Hudson levou o primeiro lugar. O cara simplesmente pulou 31m de altura, o ápice do dia, seguido de perto por Ronnie Renner que pulou 30m e levou a prata pra terra do tio sam.
Este evento com certeza, ficou marcado na mente de cada um que esteve lá, não só pelo alto nível da competição, mas pela natureza e beleza do local.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e nos ajude a melhorar a qualidade de nossas postagens.