Hora de se aposentar: MSN Messenger is dead!

Com intensa repercussão nas redes sociais e entre os principais trending topics do Twitter, a vida útil do mais famoso programa de conversação online MSN chegou ao fim. Seus últimos suspiros foram dados na terça, dia 30 de abril, fechando assim o seu ciclo.
Os órfãos do MSN que ainda resistiam ao fim do aplicativo, se viram obrigados a migrar ao Skype, comprado ainda em 2011 pela Microsoft, que detém os direitos sobre o MSN Messenger.
Confira neste artigo, um pouco da história do MSN e demais softwares de comunicação online.

Antes do MSN, depois do MSN


Muita gente começou sua vida digital já com o MSN como ferramenta de bate papo. No entanto, bem antes de seu advento, outros comunicadores online exerciam esta função e soam incrivelmente nostálgicos nos dias de hoje.
O mIRC é o mais clássico destes softwares. Ele operava por meio do protocolo IRC, e era o programa mais usado nos antigos PC’s e primeiras lan houses. Os famosos nick names (apelidos) eram criados, e então, bastava colar nas salas de sua preferência. Isto em 1995!
No ano seguinte, 1996, o ICQ foi quem ditou as regras. O mais curioso do ICQ (sigla que significava uma brincadeira com o termo i seek you) é que as pessoas se identificavam por meio de um número. Se hoje quando você conhece alguém na balada, ao invés do telefone, muitas vezes pede o Facebook ou Skype, naquela época era comum as pessoas decorarem o número do ICQ, meio que um RG do mundo virtual.
1998 marca o surgimento do Y!Messenger, ou Yahoo Messenger. Sua inovação foi oferecer a possibilidade de unir chat com o e-mail, característica que depois foi adotada pelo MSN-Hotmail. O Y! Messenger está ativo até hoje, sabia?
Lançado em 1999, o famoso MSN Messenger foi revolucionário e em pouco tempo, tornou-se o principal veículo de mensagens instantâneas e comunicação online.
Consolidado, ele se fundiu posteriormente ao Windows Messenger. Nascia então a evolução do aplicativo que com novas funções e demais possibilidades, passou a se chamar Windows Live Messenger. Os emoticons e frases pessoais, foram as grandes novidades do programa.
Em 2003 o Skype apareceu no mercado de mensageiros virtuais, trazendo o up de substituir ligações telefônicas. Sendo assim, ele funcionava como um complemento do MSN. Enquanto o Messenger era o software para teclar, o Skype era utilizado para vídeo chamadas.

Outras opções ao Skype

Pra quem não curte Skype, o Gtalk Google é uma opção. Criado em 2005 e integrando-se com o Orkut e Gmail, ele é usado até hoje e possui a simpatia de muitos usuários.
Temos ainda o Facebook e seu próprio chat integrado a outros serviços de conversação como o próprio Skype, o Voxer- muito usado em smartphones, e o queridinho do momento, o Whats App, de 2011.
Qual você prefere?  
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e nos ajude a melhorar a qualidade de nossas postagens.