Você já ouviu falar sobre a onda hipster?

De tempos em tempos, surgem alguns termos na internet para definir determinados comportamentos e até estilos de grupos ou como se costumava dizer, tribos.
Neste contexto, você, caríssimo internauta, já deve ter lido ou escutado o termo hipster, não é mesmo? Por ser a onda do momento, muita gente busca informações, seja para seguir o estilo como uma tendência, para poder identificar as características e para ficar por entro do que rola.
Sendo assim, neste artigo vamos dar uma geral no que é e o que é preciso para ser considerado (a) um (a) hipster! Confira.




Muito mais antigos do que você imaginava

Embora tenha uma galera por aí se rotulando de hipster como se fosse a última moda do momento e o ápice da modernidade, saiba que este é só um, dos inúmeros enganos que o pessoal comete ao deturpar algumas informações cunhadas na internet.
Na real, o termo hipster é bem antigo, e está ligado em seus primórdios, à geração beatnick, aquele bando de escritores chapados da turma de Jack Kerouac (autor da bíblia beat “On the Road”). O termo por sua vez, definia ou se referia aos mendigos.

Estereótipo hipster

Sério ou não, modismo ou estilo, o fato é que como todo termo que prescreve definir determinados grupos sociais, vem sempre carregado de estereótipos e espécies de listas que definem roupas (com o se fossem um uniforme), o que ler, onde ir, o que assistir, entre outros tópicos referentes ao comportamento.
Foi assim com o punk, foi assim com o grunge, foi assim com os headbangers, emos, e agora, o mesmo se repete com os hipsters.

Características

Um estilo que envolve antes dos fatores comportamentais, o visual, o que chama primeiro a atenção é este aspecto naturalmente.
Desta forma, no tocante às hipsters, o batom vermelho é talvez o primeiro acessório que deve constar sempre no look daquelas que aderem ao estilo.
Unhas vermelhas, mas com aquele descascado básico, também é apontado como uma referência ao hipster.
A referência “mendigo” faz jus às camisetas desgastadas e velhas, mescladas as peças mais novas. Ainda no tocante às roupas, os hipsters investem num armário mais retrô, vintage, com roupas compradas em brechó.
Os rapazes adeptos da moda hipster, investem meses para deixar a barba crescer, ou então deixam só o bigode, e também aderem pesado aos acessórios, como óculos wayfare.
Tatuagem e piercings também estão no look obrigatório do estilo hipster. É importante que as tatuagens estejam visíveis, de preferência, claro.
Acessórios como óculos estilosos, e no cabelo feminino coques e franjas, também fazem parte da lista “quero ser hipster”.

Comportamento

Os hipsters costumam se reunir com outros amigos hipsters e colar em barzinhos com cervejas gringas e porções. Também são flagrados pro aí sempre com seu fiel amigo ao lado: um cão!
Quanto à música, eles fazem questão de gostar exatamente daquilo que mais ninguém gosta indo contra a maré musical e as ondas do momento. Eles também são fãs de filmes alternativos, e viciados na rede social instagram.
Na verdade, os fatos apontados não significam que todos que tem um cachorro, pro exemplo, sejam hipsters, na verde são apenas alguns elementos que podem ou não, identificar um adepto do estilo. No fim das contas, é apenas mais um nome para rotular hábitos e estilos que já existem, mas que por algum motivo, as pessoas gostam de dar um nome.  
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e nos ajude a melhorar a qualidade de nossas postagens.