O que faz e quanto ganha um Biólogo na Petrobras?

A Petrobras é uma  das empresas que mais crescem no brasil e está entre as maiores petrolíferas do mundo. A empresa que se firmou na década de setenta a partir das duas crises do petróleo, momento esse em que o governo começou a se preocupar mais com a independência energética, é o alvo de muitos profissionais que almejam estabilidade, bons salários e acima de tudo a possibilidade de crescer dentro da empresa. Dentro desse contexto aparece o Biólogo como uma grande ferramenta no desenvolvimento desses trabalhos desempenhados pela Petrobras, para tanto a empresa valoriza esses profissionais como poucas.


O Biólogo que deseja trabalhar na Petrobras deverá passar em concurso público de concorrência nacional. Após a aprovação o mesmo passará por um processo de treinamento, que consiste no ensino das atividades específicas que o profissional irá desempenhar. Normalmente esse processo demora em média um ano. Se você se sair bem em todos os processos irá iniciar as suas atividades na empresa, desempenhando a função de ANALISTA AMBIENTAL JÚNIOR especialista em BIOLOGIA.

Para que você possa participar do concurso deverá atender requisitos específicos exigidos pela empresa, são eles: Certificado de conclusão ou diploma devidamente registrado de curso de graduação em nível superior. Nesse caso tanto o profissional que possui o bacharel poderá concorrer quanto os que possuem somente a licenciatura. Poderão se inscrever também profissionais das diversas Ciências com habilitação em Biologia ou História Natural, desde que o curso seja reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. É exigido também, que o profissional seja devidamente associado ao respectivo Conselho da classe trabalhadora.

COMO É O TRABALHO?

O profissional ao iniciar suas atividades irá desempenhar atividades como: acompanhar, participar e executar estudos, projetos e pesquisas científicas básicas e aplicadas nas diversas áreas de conhecimento da Biologia e a ela relacionadas, tais como genética, microbiologia, biotecnologia e energias renováveis, bem como projetos de P&D e assistência técnica e científica nas atividades de avaliação, monitoramento e tratamentos ambientais.

A Petrobras separa seus funcionários em três níveis de acordo com o tempo de serviço e experiência. O analista inicia suas atividades como profissional JUNIOR, logo depois passa para o cargo de pleno (intermediário) e por fim chega sênior, dessa forma cada um desses profissionais tem salários diferentes dos cargos mais abaixo. de JUNIOR para SÊNIOR seu salário pode aumentar mais de 100%.

QUANTO POSSO GANHAR?

Agora você deve estar se perguntando: mas e o salário? Quanto eu posso ganhar trabalhando na Petrobrás? Bom, o salário de um Analista Ambiental Junior possui garantia de remuneração mínima de R$ 6.883,05. A esse valores são acrescidos benefícios como: auxílio-creche ou auxílio-acompanhante (somente para empregada); auxílio-ensino para filhos (que se limita ao pré-escolar, ensinos fundamental e médio); assistência multidisciplinar de saúde (médica, odontológica, psicológica e hospitalar) e benefício farmácia; Plano de Previdência Complementar; PAE - Programa de Assistência Especial (caso o Analista Ambiental seja deficiente físico ou mesmo para filhos e empregados (as) com deficiência física ou mental); participação nos lucros da empresa; e incentivo ao ensino superior para os filhos ou empregados que estejam realizando cursos requisitados nos processos seletivos públicos da Petrobras para os cargos de nível superior.

É muito importante ressaltar que poucas empresas dão o benefício da PLR, e esse por si só já é um ótimo motivo para se trabalhar alegre todos os dias do ano. rsrs. Com esse salário e todos esses benefícios o Analista poderá ter um rendimento inicial mensal acima de dez mil reais.

E aí o que acha de ser um profissional da bilogia trabalhando na Petrobrás, ahn?
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e nos ajude a melhorar a qualidade de nossas postagens.